Cessna Citation Mustang C510 e M2

Cessna Citation Mustang C510 e M2

Considerado um Very Light Jet, o Citation Mustang une versatilidade, conforto, velocidade e baixos custos em sua operação, ideal para quem pretende transportar poucos passageiros (até 6) em voos de média duração (2 à 3 horas).

O termo “jato de entrada” é associado à essa aeronave, principalmente, por causa do seu valor de aquisição, que é muito baixo se comparado com outros modelos à jato e equivalente à aeronaves turboélices, o que o torna bastante competitivo, especialmente quando comparamos velocidade.

A aeronave foi certificada em 2006 nos mesmos padrões de toda a linha Citation, ou seja, a mesma qualidade dos famosos jatos da linha, com preço de aquisição mais baixo e operação single pilot.  Na época, a intenção do fabricante era que pilotos proprietários pudessem ter e voar seu próprio jato com muita segurança e conforto.

Desde o início de sua produção até a última unidade fabricada, em 2017, o Citation Mustang sempre foi equipado com aviônica Garmin G1000.  A aeronave pode transportar até 7 pessoas (6+1), está equipada com 2 motores PW615F e voa a cerca de 340kts (630 km/h) no cruzeiro, conjunto que permite uma autonomia que ultrapassa as 1100nm (2035 Km).

Interior Cessna Citation Mustang C510

A interrupção de sua produção abriu portas para o Citation M2, lançado pela própria Cessna como sucessor dos finados Cessna Citation Jet, CJ1 e CJ1+, compondo então a família C525.  O modelo é fabricado desde 2013, porém, após a última unidade fabricada do Mustang em 2017, o M2 passou a ser o jato de entrada do então Grupo Textron, que uniu Cessna e Beechcraft em uma única companhia.

O Citation M2 possui dimensões idênticas ao Mustang, porém transporta 1 pessoa a mais (1+7) e sua performance é superior por causa de seus motores mais potentes, maior capacidade de combustível e aviônica G3000, que justificam a diferença no valor de aquisição e também nos dados de consumo e custos operacionais, uma vez que ambos modelos possuem a mesma capacidade de passageiros.

Abaixo podemos observar as principais diferenças entre os modelos.

Apesar de parecidos em dimensões e também em seu propósito, o M2 foi um “Upgrade” na categoria Entry-Level da Cessna e posteriormente do grupo Textron, que aumentaram o sarrafo ao tirar de linha o Citation Mustang e manter apenas o Citation M2, que dividiram o mercado entre 2013 e 2017.

O site aeronavesavenda.com possui belos exemplares do Citation Mustang e Citation M2 anunciados


Publicidade

Bell 505 420×180
HAWKER 850XP 600 x 180
850XP 1280×180
850XP 300 x 250

Autor
Carlos Damasceno
Carlos Damasceno
(11) 99599-4415 (11) 99599-4415

siga nosso instagram